Deputada Federal Lauriete

Cantora Lauriete, ao ser eleita deputada federal em 2010 honrou os 69.818 votos do povo capixaba. Lauriete iniciou a construção do mandato de quatro anos com base em pilares sólidos: regularidade no Congresso Nacional, participação em plenário e comissões, além de bandeiras de luta destacada em valores sociais, combatendo a violência contra as mulheres, quando o Espírito Santo era o primeiro do ranking neste crime, promovendo debates com foco nos valores de família.

Deputada Federal Lauriete trabalhou de forma exaustiva na pauta da economia, incentivos fiscais, recursos federais e defendeu os interesses do Espírito Santo na luta contra a divisão dos royalties do petróleo do pré-sal, em 2013, quando a ex-presidente Dilma Rousseff ameaçava a base financeira capixaba com distribuição injusta dos recursos de forma que deixava o litoral capixaba pagando os custos do passivo ambiental e mesmo sendo produtor o Estado receberia percentual questionável. 

Enfrentou nas ruas e no parlamento o debate para manter o Fundap, como fundo de incentivo para as empresas capixabas que realizam operações de comércio exterior, potencial vocação econômica do Espírito Santo, que foi 

 

retirado em razão da ganância empresarial, posteriormente investigado e desvendado pela Operação Lava Jato.

Lauriete é autora do projeto de lei que alterou o artigo 40 da lei 11.343/ 2006, chamada de Lei Antidrogas, que duplica a pena do traficante que usar crianças ou adolescentes para atuar no tráfico de entorpecentes. A Deputada Lauriete também é autora da lei que obriga a instalação de placas refletivas alertando do perigo da pedofilia.

 

Para o jornalista Rondinelli Tomazelli, de A Gazeta, que atuava em Brasília, “Lauriete não faltava a nenhuma sessão, tinha bom relacionamento com toda bancada capixaba. Ela foi a voz mais forte para vetar o kit gay nas escolas, este fato marcou o seu mandato perante o povo cristão brasileiro”, lembrou o jornalista.

A Revista Veja realizou uma pesquisa para avaliar os parlamentares e, em 2011, Lauriete mereceu a estreia no ranking nacional. Neste contexto, dando continuidade ao acompanhamento dos parlamentares, a revista VEJA, no quarto ano de mandato publicou nova pesquisa, desta vez dando à Deputada Federal Lauriete o destaque do ano.

Neste momento em que o combate a  corrupção é um dever de 

todos brasileiros, Lauriete tem as mãos limpas e retorna com experiência para defender os verdadeiros valores cristãos.

Nesta atual legislatura, eleita com 51.963 votos, já no primeiro ano, 2019, Lauriete apresentou 25 projetos de lei com amplo alcance social. Membro titular da Comissão de Direitos Humanos e Minorias e Comissão de Seguridade Social e Família tem atuação constante e visibilidade nas ações.

Entre os 25 projetos de lei apresentados, destacam-se:
– Mamografia noturna no SUS;
– Mudança na lei trabalhista em favor do desempregado;
– Isenção de Imposto de Renda para vítimas de tragédias
– Utilização do FGTS do agressor para o tratamento/despesas médicas da mulher agredida;
– Identificação de veículos irregulares por parte das empresas de rotativo.

Ainda em relação à sua atuação como parlamentar, defendeu os interesses da população votando a favor da Reforma da Previdência Social. A Deputada Federal Lauriete votou também a favor do projeto anticrime. Fez uso do microfone do plenário para defender os interesses do Brasil e do Espírito Santo, mantendo as suas marcas que são a transparência e os valores cristãos do povo capixaba e da nação brasileira.

ACOMPANHE NOSSAS REDES

Todos os direitos reservados à Deputada Federal Lauriete | Desenvolvido por Hope Designer
Scroll Up